Gargantilhas


FILTROS

Gargantilhas

×

Colar Gavião

R$ 146.093,96
ou R$ 124.179,87 à vista (15%)

Gargantilha Choker Estrelinhas

R$ 2.740,05
ou R$ 2.329,04 à vista (15%)

Gargantilha com Diamantes e Topázio Azul

R$ 56.200,00
ou R$ 47.770,00 à vista (15%)

Gargantilha Com Pedras Coloridas

R$ 4.550,00
ou R$ 3.867,50 à vista (15%)

Gargantilha Coroa em Ouro 18k 750

R$ 4.915,56
ou R$ 4.178,23 à vista (15%)

Gargantilha de Pérolas com Fecho de Ouro Branco 18...

R$ 3.780,00
ou R$ 3.213,00 à vista (15%)

Gargantilha Elos

R$ 35.730,00
ou R$ 30.370,50 à vista (15%)

Gargantilha em Ouro 18k Com Diamantes e Esmeraldas

R$ 34.800,00
ou R$ 29.580,00 à vista (15%)

Gargantilha em Ouro 18k Pingente de Coração

R$ 840,00
ou R$ 714,00 à vista (15%)

GARGANTILHA FLORENCE OURO ROSÊ 18K - DIAMANTES E ...

R$ 25.400,00
ou R$ 21.590,00 à vista (15%)

Gargantilha Love

R$ 1.754,50
ou R$ 1.491,33 à vista (15%)

Gargantilha Mult Color em Ouro 18k

R$ 10.709,13
ou R$ 9.102,76 à vista (15%)

Gargantilha Nome - Ouro 18k 750

R$ 2.660,00
ou R$ 2.261,00 à vista (15%)

Gargantilha Nome - Ouro 18k 750

R$ 3.010,00
ou R$ 2.558,50 à vista (15%)

Gargantilha Nome - Ouro 18k 750

R$ 2.372,32
ou R$ 2.016,47 à vista (15%)

Gargantilha Plaquinhas

R$ 4.045,50
ou R$ 3.438,68 à vista (15%)

Gargantilha Ponto de Luz em Ouro 18k

R$ 1.861,50
ou R$ 1.582,28 à vista (15%)

Gargantilha Ponto de Luz Ouro Branco 18k 750

R$ 1.570,00
ou R$ 1.334,50 à vista (15%)

Gargantilha Redonda X em Ouro Amarelo e Ouro Branc...

R$ 2.310,00
ou R$ 1.963,50 à vista (15%)

Gargantilha Tulipa com Rubi Ouro 18k com Corrente...

R$ 5.900,00
ou R$ 5.015,00 à vista (15%)

Gargantilha Veneziana com Pedras

R$ 2.308,45
ou R$ 1.962,18 à vista (15%)

Gargantilha Veneziana Coração

R$ 2.546,20
ou R$ 2.164,27 à vista (15%)

PINGENTE CORAÇÃO BOLINHA E DIAMANTES EM OURO 18K -...

R$ 1.826,71
ou R$ 1.552,70 à vista (15%)

Pingente Letra com Corrente Elo Português - Ouro 1...

R$ 2.660,00
ou R$ 2.261,00 à vista (15%)
Mostrando 1 para 24 de 24 - 1 Página(s)

A descoberta das lavras de ouro nas Minas Gerais, nos finais do século XVII e início do século XVIII, seguidas dos achados em Jacobina e no Rio das Contas na Bahia, nos de Forquilha e Sutil no Mato Grosso, e o que se extraiu no sertão de Guaiás em Goiás, foi o acontecimento mais espetacular da história econômica do Brasil colônia enquanto provocou enorme repercussão, tanto para a própria metrópole como para boa parte do mundo. Desde os primórdios da colonização, acreditava-se que o Brasil tinha ouro e outros metais e pedras preciosas. Só que, passados já dois séculos de ocupação, não haviam sido encontrados em volume significativo.

Lentamente, como vimos, a economia colonial abandonou sua predominância extrativista e coletora dos primeiros tempos, do tráfico com pau-brasil e das drogas do sertão, para uma exploração mais racional e estável, graças à implantação dos engenhos de açúcar e das lavouras de tabaco que se espalharam por todo o litoral do Nordeste.

Nossa população, ao redor do final do século XVII, era estimada em uns 300 mil povoadores (calcula-se que havia ainda 1.500.000 de índios), grande parte deles concentrados no Nordeste. Outro pequeno núcleo populacional encontrava-se no Planalto de Piratininga, na atual São Paulo, formado pelos bandeirantes. Tipos mamelucos que se dedicavam a prear índios pelo sertão afora, indo inclusive atacar as missões guaranis, organizadas pelos jesuítas desde os séculos 16 e 17, no Paraguai e no atual Estado do Rio Grande do Sul.

Foi nesse quadro, de limitado progresso econômico (os portugueses começavam a enfrentar a concorrência da produção colonial dos holandeses, franceses e ingleses, que implantaram engenhos açucareiros nas Antilhas ), que a Coroa determinou a pressionar seus funcionários e demais habitantes no sentido de estimula-los, particularmente os paulistas, a que desbravassem o sertão em busca do precioso ouro.